Batismo é o fundamento de toda a vida cristã, a porta de entrada para a vida na comunidade e o acesso aos demais sacramentos. Pelo batismo somos libertados do pecado e regenerados como filhos de Deus, tornando-nos membros de Cristo, somos incorporados à Igreja e Participantes de sua missão.

É através do Batismo que participamos da Redenção que Jesus nos conquistou com o Seu precioso sangue. Tanto assim, que Ele disse aos Apóstolos, pouco antes de sua Ascensão ao Céu: “Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado” (Marcos 16,16). Pelo pecado de Adão e Eva, a humanidade se separou de Deus, e experimentou a danação, já que Deus é a fonte da vida do homem. Jesus veio para “tirar o pecado do mundo” (João 1, 29) e recolocar o homem em comunhão com Deus. Ele fez isso pela sua Paixão e Morte de Cruz, e deixou a Igreja e os Sacramentos para que esta salvação chegue a cada pessoa. O Batismo é exatamente este primeiro sacramento que nos faz “membros do Corpo de Cristo” (conf. I Coríntios 12, 27) e participantes de Seus méritos. Assim, ser batizado, é fazer parte de Jesus, é ser membro de Sua Igreja, é ser filho de Deus adotado por Jesus Cristo, é ter o Céu por herança, e ter Maria como Mãe. Logo, ser batizado faz muita diferença!

Ser batizado é a maior graça que alguém pode receber na terra; por isso, a Igreja não quer que ninguém fique sem o Batismo; e a criança, pela fé dos pais e padrinhos, deve logo ser batizada.


QUAIS DOCUMENTOS PRECISO APRESENTAR PARA MARCAR O BATISMO?

Conforme orientações Canônicos-Pastorais para os Sacramentos:

  • Certidão de nascimento da criança;
  • Certidão de casamento religioso dos pais;
  • Certidão de casamento religioso dos padrinhos (se forem casados);
  • Comprovante da Primeira Comunhão e da Crisma dos pais e padrinhos (caso não tenham celebrado esses sacramentos, conversar com o pároco); e
  • Participação dos pais e padrinhos na Catequese Batismal (ver abaixo como fazer).

Clique aqui, imprima e preencha o formulário com os dados do batizando, pais e padrinhos a ser entregue juntamente com os documentos acima.


CATEQUESE BATISMAL:

A Catequese Batismal se dá através da vivência na comunidade como preparação para o batismo, através de 3 encontros, sendo um por mês e a participação nas missas de final de semana durante a caminhada junto a sua comunidade de fé.
Para iniciar a Catequese Batismal, favor comparecer na secretaria paroquial, levando consigo o comprovante de residência. Será marcado o dia para apresentação da família junto a comunidade, assim como será indicado o catequista (anjo da guarda), que irá os acompanhar durante a caminhada de preparação para o batismo. Lembro que pais e/ou padrinhos devem ser paroquianos.

QUERO SER DIZIMISTA! Clique aqui e faça sua inscrição


ORIENTAÇÕES: FAVOR LER COM ATENÇÃO

1. Pais não casados na Igreja Católica, falar com o Padre antes de marcar o Batismo.
2. Os padrinhos devem ser crismados (quando solteiros) ou casados na Igreja Católica.
3. Para ser padrinho ou madrinha de batismo requer-se (Cân. 874 CDC): ser batizado(a), não seja os pais do batizando, ser maior de 16 anos, seja Confirmado (Crisma), seja Católico Apostólico Romano. Não católicos poderão ser testemunhas.
4. Caso os pais e/ou padrinhos sejam solteiros ou não sejam casados na Igreja Católica ou vivam em segunda união e não sejam crismados, deverão participar da catequese de adultos (procurar secretaria paroquial) antes de realizar o batismo.


Quando e onde são realizado os Batizados?

O Batizado é celebrado na comunidade onde o batizando reside (mesmo dia e horário da celebração da comunidade) ou no segundo ou quarto domingo de cada mês, 11h00, na Igreja Matriz.


Quem pode receber o Batismo?

Pode receber o Batismo qualquer criança que não tenha sido batizada.

A partir dos sete anos, a pessoa não batizada deve se preparar através da iniciação à vida cristã, para receber os sacramento.


Qual é a missão do Padrinho e da Madrinha?

O Padrinho e a Madrinha tem dupla responsabilidade:

1. Orientar o(a) afilhado(a) no crescimento da fé, isto é, junto com os pais, cuidar do crescimento da vida espiritual do(a) afilhado(a);
2. Amparar o(a) afilhado(a) em caso de doença grave ou de necessidades materiais de seus pais.

Para padrinho e madrinha devemos escolher:

  • Pessoas católicas e participantes da comunidade;
  • Pessoas que tenham no mínimo 16 anos, crismadas e em situação regular com a Igreja.

O perfil ideal do candidato e as experiências necessárias para exercer a função de Padrinho e Madrinha*:

Se você decidiu batizar seu filho na Igreja Católica, você terá de escolher um padrinho e uma madrinha para o seu anjinho. São “funções” muito importantes para a vida cristã das crianças. Por isso, essa escolha deve ser encarada como um verdadeiro processo seletivo., como aqueles adotados pelas grandes empresas quando querem contratar altos executivos.

Aqui, apresentamos o perfil ideal do candidato, além da descrição do cargo e das  experiências necessárias para exercer a função. Esperamos que as dicas sejam úteis neste processo seletivo!

Cargo: Padrinho e Madrinha
Área de atividade: Igreja Católica
Duração do contrato: Ilimitado
Tipo do contratação: Tempo integral
Idade mínima exigida: Acima de 16 anos
Experiências espirituais exigidas pela Igreja: necessário ter recebido os 3 sacramentos – Batismo, Primeira Comunhão e Crisma.


Qualidades necessárias para o cargo:

  • Ser amoroso e bondoso com seu afilhado;
  • Ser capaz de criar um vínculo forte com seu afilhado;
  • Dominar a arte de ser um padrinho e uma madrinha atenciosos, ou seja, desejar feliz aniversário para seus afilhados, lembrar-se deles na Páscoa e no Natal, enviar mensagem de boa sorte na noite anterior aos exames etc;
  • Ser suficientemente maduro e forte em sua fé para assumir as missões listadas abaixo.

Missões:

Durante o Batismo:

  • Renunciar os pecados e proclamar a fé católica.
  • Para a madrinha: Vestir o seu afilhado com uma roupa branca, símbolo da Ressurreição de Cristo. “Porque todos vós que fostes batizados em Cristo, revestiram-vos de Cristo” (São Paulo 3,27)
  • Para o padrinho: Receber a vela do batismo, símbolo da luz de Jesus Cristo. Juntamente com os pais, os padrinhos deverão manter esta chama acesa. “Porque tu eras uma vez trevas, mas agora és luz no Senhor. Vivam como filhos da luz. “(São Paulo em Efésios 5: 8)
  • Ao final da celebração, assinar o documento como padrinho e madrinha, prova do compromisso assumido com o afilhado.

Durante a vida do afilhado:

  • Ajudar seu afilhado a crescer na fé;
  • Ajudar seu afilhado a lutar contra o pecado;
  • Oferecer ajuda na vida cristã do afilhado, principalmente durante a celebração dos sacramentos (Primeira Comunhão, Crisma e Matrimônio);
  • Ser exemplo para o afilhado na vida cotidiana, tentando viver de acordo com os Evangelhos.

Nós não nos tornamos cristãos sozinhos

Ser cristão é fazer parte da Igreja, é celebrar o Corpo de Cristo juntos. E são os pais, o padrinho e a madrinha que são os primeiros a acolher o recém-batizado na comunidade cristã e a acompanhá-lo ao longo de seu caminho espiritual. Portanto, escolha com visão clara, honestidade e com a ajuda do Espírito Santo as pessoas que guiarão o seu filho no caminho para a fé, a esperança e a caridade.


ATENÇÃO:  Para ser padrinho ou madrinha de batismo requer-se (Cân. 874 CDC): ser batizado(a), não seja os pais do batizando, ser maior de 16 anos, seja Confirmado (Crisma), seja Católico Apostólico Romano. Não católicos poderão ser testemunhas..